sexta-feira, 20 de abril de 2012

Burguesa Infeliz.


Você está ao meu lado,mesmo desejando que você vá,seus fantasmas aparecem na beira da cama todas as noites,quando adormeço aparece nos mais encantados sonhos,e nos mais infernais pesadelos.Todas as manhãs enfrento meu sorriso de pirralha forjado,e escuto suas palavras no fundo :
- A vida é uma farsa!Sou a única pessoa que pode cuidar de você.Sou o único que pode lhe entender.Sua vadia pirralha!
A vida de burguesa revoltada é entediante demais,apenas vestidos rasgados,e cartões de crédito quebrados,a taça de cristal preferida da mamãe estilhaçada no chão!Advertências são inúteis para uma garota mimada,escolhas então!São impossíveis para as estragadas desse século,seu reflexo no espelho do banheiro de um bar fuleiro é tão verdadeiro,cabelos despenteados,queimaduras de cigarros,seios pequenos cobertos por uma camiseta rasgada,o cabelo está com cheiro de terra,os olhos profundos com olheiras,as faixas enroladas no braço,em que estado essa garota vai chegar?
Creio que um estado bem deplorável,por isso a todos os assustados.Que a deixem de uma vez!De uma vez!Para nunca mais,e você deve pegar o rosto dessa puta e mostrar para ela mesma o quanto está apaixonada por você,não de escolhas para uma burguesa infeliz!


Nenhum comentário:

Postar um comentário