sexta-feira, 30 de março de 2012

Filho Único

Você me quer?
Você cuida de mim?
Mesmo que eu seja uma pessoa egoísta e ruim?
Você me aceita
E me dá a receita
De como conviver com um monstro mesquinho e careta?
Você me respeita
Não grita comigo
Mesmo que eu tente tudo pra te irritar
Você tem que entender
Que eu sou filho único
Que os filhos únicos são seres infelizes
Eu tento mudar
Eu tento provar que me importo com os outros
Mas é tudo mentira (tudo mentira)
Estou na mais completa solidão
Do ser que é amado e não ama
Me ajude a conhecer a verdade
A respeitar meus irmãos
E a amar quem me ama.

Filho Único- Cazuza

quarta-feira, 21 de março de 2012

Atriz desmotivada

  Ela está insone dentro do quarto,já passam das duas da manhã,e a única coisa que ela deseja é que o tempo pare,a noite é tão acolhedora,as luzes se apagam,assim ela não precisa ver seus olhos tristes no espelho,nem o sorriso cansado,não precisa falar,afinal de dia ela está se esforçando tanto para andar,falar,sorrir,tudo para todos acreditarem na sua felicidade,na sua melhora,na sua existência equilibrada,é tão bom quando se distrai com seus livros,ou se concentra no treino,é tão bom quando ela esquece de si mesma,da sua existência,da sua aparência,ela só não gosta das vírgulas.Mas é tudo mentira,tudo parece mentira nesse momento,os colegas da escola,o  namorado,a família,o esporte,os seriados,os livros,quem se importa?Ela realmente se importa em seguir os rumos da vida?Parece estar dentro de uma peça teatral,e está na hora de ir para casa, o que vem além dessa peça teatral que é a vida?Ela finge um sonho,um amor,uma carreira,um curso,uma vida ,ela só deseja parar no tempo na noite insone do seu quarto.