sexta-feira, 10 de junho de 2011

Matar você

 Eu sei que você tem medo de mim, medo que eu vomite toda minha culpa em você, não está errado, ao segurar minha mão irei escarrar dor na sua cara, pois eu sou um pesadelo, depois de um beijo seus lábios ficaram amargos, depois de uma noite terá pesadelos, eu vou matar você aos poucos.
 A cada dia vou arrancar um pedaço, da sua alegria, da sua esperança, do seu amor, vou penetrar nos confins da sua carne, rasgar seu coração, flagelar seu corpo, leva-lo para um abismo profundo.
 Arraste-me para o inferno, é isso o que você diz quando me deseja,cuidado com o que deseja,  porque quando se perder dentro de mim será tarde demais, meus sentimentos irão asfixia-lo, despedaçá-lo, e então logo irei vomitar essa dor em outro alguém, o ciclo recomeça, as lembranças desgraçadas se acumulam, isso é tão humano e trágico , que chega a ser lindo.
 

4 comentários: