terça-feira, 31 de maio de 2011

Seu pecado

Nós estamos trancados nessa casa, então venha, deite-se ao meu lado, escute o grito da noite, feche os olhos, esqueça tudo, deixe a paixão engolir você, sinta o horror de perder o controle do próprio corpo em segundos, um tornado de sensações, delírios, permita-me tocar sua pele, beije-me até que nossas respirações se percam, vamos queimar o sentimento que nos atormenta, o amanhã nunca chegará, pelo menos nesses instantes, quero fundir-me aos seus desejos, roubar seus suspiros, aproveite,enquanto isso injete toda sua dor no meu coração,livre-se da culpa, eu sou o seu pecado,enjaulei você, me apaixonei por você, mas estou fora do prazo de validade, esse amor estragado só vai durar até o amanhecer. Ao sair irei mutilar meus sonhos, crucificar minhas memórias, e rezar para que ela te ame mais do que eu.

2 comentários: