sexta-feira, 1 de abril de 2011

Coração

Sou o anjo que Deus rejeitou sou o demônio que o diabo rejeitou.Palavras intensas, cheias de vida, que elas queimem toda minha dor.
Meu coração ofegante, pulsa o sangue que move minha vida, e apesar de estilhaçado, quebrado, machucado, ele continua sem parar.
Fico me apunhalando para parar de sentir mas apenas sangro mais, por isso agora vou deixar que os sentimentos deflorem em mim.
Coração seja valente, seja prudente, e infeliz.Não vou mas esconder você, cansei de me rasgar todos os dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário