terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Preconceito ou dor de cotovelo?

 Observando o mundo atual,posso afirmar que  na maioria das vezes o preconceito é na  verdade dor de cotovelo.
 Ao longo da história várias barreiras foram quebradas, negros ganharam seus direitos, bruxas não são queimadas na fogueira, homossexualidade não é mais considerada uma doença, etc ...
 Agora me diga por que as pessoas ainda são tão preconceituosas?
 Será mesmo preconceito?
 Não, é o  tipico valor sujo que a maioria tem e é considerado normal pela nossa sociedade, dor de cotovelo,     inveja, essa necessidade de inferiorizar o próximo.
 É mais fácil usar o preconceito, os argumentos aumentam, usam moralidade, Deus, razão, aversão:

Mas ele nasceu homem, Deus quis assim, é pecado.
Bissexuais?Não existe isso de gostar dos dois sexos, são pessoas safadas, e que  transmitem Aids para os Héteros.
Espiritas?Bando de macumbeiros.
Negro só pode ser bandido, eles são nojentos.
Ficou sabendo? A dona da empresa é uma sapatão, credo.

Essas frases tem a mesma função daquelas criticas que dizem sobre uma mulher bonita, sobre alguém bem sucedido, sobre o namorado da amiga, alguém inteligente, banalizaram a palavra preconceito para enrustir a dor de cotovelo, que feio não?
As pessoas deviam olhar mais para si mesmas, concorda?
                              
                            Hipócritas

 



Um comentário:

  1. Falou bonito, bem! :D Sou super a favor de que as pessoas devem sim olhar para si e fazer disso uma fonte de autoconhecimento e paz interior. :D Obrigada pelo comentário no meu blog, continue me visitando! :DDD

    ResponderExcluir